Crédito: Reprodução/PM

O jovem, John Wesley de Almeida Viana, 22 anos, vulgo “John John”, foi preso, na manhã deste domingo, 16, suspeito de matar Matheus Cavalcante Cunha, 22 anos, no dia 9 de janeiro, em Itaituba.

Uma denúncia anônima levou a Polícia Militar a prender o jovem, identificado como Vitor Hugo. Ele tinha sido visto trafegando na motocicleta roubada da vítima. Durante a busca pessoal, o elemento dedurou “John Jhon”. O meliante afirmou que John Wesley teria confessado para ele que tinha matado Matheus Cunha e roubado um celular e a motocicleta do jovem homossexual.

Depois de ser ouvido, Vitor Hugo foi liberado pelo delegado. Durante seu depoimento, John Wesley confessou que teria matado Matheus Cunha, aplicando um mata-leão e depois empurrado a cabeça do rapaz dentro da caixa d’água até que a vítima parasse de se mover. Relatando que teria cometido o crime porque não queria manter relação sexual com a vítima, mas sem demonstrar nenhum remorso.

A Justiça decretou a prisão preventiva de “John Jhon” porque ele já havia saído do flagrante. O indivíduo foi transferido para o Centro de Recuperação Regional de Itaituba (CRRI). Matheus Cunha foi assassinado no interior de um banheiro, em uma casa abandonada, às margens da Estrada do 53º BIS, na divisa entre os Bairros Bom Jardim e Liberdade.

Por: portal Debate Carajás

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.