A tentativa de evitar roubos e furtos em propriedades e imóveis, muitos recorrem ao sistema de vigilância  e outros a instalações clandestinas que são extremamente perigosas e podem ocasionar acidentes fatais.

Foi o caso de um idoso, ainda não identificado. Ele encontrado morto, na manhã desta segunda-feira (04), em Vila do Carmo, localidade do município de Cametá, na região do Baixo Tocantins, no Pará. De acordo com a Policia Militar, ” João caranguejo”, como era conhecido na área, foi achado por populares que logo acionaram os militares.

Ao chegarem no local, encontraram o corpo já em estado avançado de decomposição, nas proximidades de uma cerca elétrica clandestina. As autoridades acreditam que ele tenha morrido após ter recebido uma descarga elétrica.

Segundo os moradores das proximidades, João possuía ao redor de sua casa toda uma cerca de arame, que ligava à energia elétrica para evitar furtos e roubos em seu terreno. O caso está sendo investigado como morte acidental.

Por DOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *