Crédito: Polícia Rodoviária Federal

A Polícia Rodoviária Federal – PRF, em parceria com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis- Ibama, flagraram um caminhoneiro transportando madeira de forma ilegal, no km 630 da BR 230, no município de Altamira, sudeste do estado. 

O flagrante aconteceu na manhã da última quinta-feira (5), quando os agentes deram ordem de parada para um veículo que transportava uma carga de madeira. O condutor apresentou uma nota fiscal aos agentes, em que constava discriminado um total de 34,58 metros cúbicos de madeira. 

Entretanto, a carga foi examinada e os agentes constataram, após a medição técnica, que a quantidade e o tipo de madeira que estava sendo transportada, não era a mesma que constava no documento apresentado pelo condutor. A carga foi imediatamente invalidada. 

Após a assinatura de Termo Circunstanciado de Ocorrência, o condutor foi liberado. Ele se comprometeu a comparecer em juízo quando convocado. O veículo com a carga foi apreendido e disponibilizado ao órgão ambiental competente.

Segundo a PRF, empresas atuantes no setor madeireiro, na tentativa de melhor explorar a atividade comercial ou por não terem mais crédito florestal para extração de madeira, estão transportando cargas com um volume diferente do que declaram documentalmente, tentando enganar a fiscalização dando aparência lícita à carga.

Fonte: Site PRF

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *