Foto: Reprodução/Via Whatsapp

Um fato inusitado surpreendeu a população no município de Cametá neste sábado (2), pessoas que foram à agência da Caixa Econômica Federal para fazer o saque emergencial de R$ 600, se deparam com um homem vestido de “morte”.

O homem estava usando roupa preta, segurando uma foice e com a máscara da personagem, ele chamou atenção de todos. A ideia era alertar e conscientizar as pessoas sobre o risco de contaminação pela aglomeração nas filas, mas as pessoas levaram a fantasia na brincadeira e pediram até para fazer foto com a “morte”.

Foto: Bruno Veiga Arquivo Pessoal

“Vestimos uma pessoa de morte e colocamos câmera na foice. Foi uma experiência social minha com um amigo para poder ver qual a sensação das pessoas em ver que tá todo mundo arriscando sua vida por R$ 600. E as pessoas paravam pra tirar foto com a morte!”, relata Bruno Veiga, que teve a ideia juntamente com o amigo Lauri Fernandes.

“As pessoas olhavam a morte e pediam pra tirar foto, achando graça, elas não tão nem aí se vão morrer, as pessoas tão malucas”, relatou ainda Bruno.

Foto: Divulgação
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.