Reprodução/ O Liberal

Uma briga sem motivo aparente acabou dando um fim na vida de Wanderson Lima da Silva, de 31 anos, em Parauapebas. No último sábado (31), o homem foi atingido na cabeça por uma lima, ferramenta usada para afiar peças de corte, durante uma discussão com um adolescente e morreu pouco depois. A confusão ocorreu no Parque das Cachoeiras II, a 24 quilômetros do perímetro urbano do município do sudeste paraense.

De acordo com uma testemunha, que preferiu não se identificar, tudo começou na noite de sexta-feira (30). De acordo com o portal Correio de Carajás, a vítima bebia com mais três pessoas, nas proximidades da casa onde morava. Em determinado momento, uma discussão teve início, mas ninguém entendeu a razão.

Wanderson Lima teria chamado o adolescente para a briga. O garoto teria pedido que a vítima se afastasse. Como não foi atendido, o jovem tirou a lima que estava escondida e o atingiu na região do osso temporal, do lado esquerdo da cabeça. O golpe perfurou o lóbudo temporal.

A mãe de Wanderson chegou no local por volta de 00h20 de sábado (31) e levou o filho para casa. A matriarca acreditou que a perfuração tinha sido superficial e não o levou ao médico. Nas primeiras horas da manhã, ela percebeu que o filho estava morto ao tentar acordá-lo. A vítima também sofria de epilepsia e não estava tomando o remédio.

O suspeito ainda não foi identificado pela Polícia Civil, que irá investigar o crime.

Por: Portal Correio de Carajás

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *