O agente da guarda municipal, identificado como Edi Carlos da Silva, de 33 Anos, foi executado a tiros na noite de sábado (19), em frente de sua residência localizada no Conjunto Paricás, distrito de Outeiro.

Edi estava chegando em sua casa de motocicleta juntamente com sua namorada e uma criança. Ao estacionar, a namorada entrou com a criança e a vítima ficou no lado de fora quando foi surpreendido por um homem em uma motocicleta.

O suspeito chegou já atirando contra a vítima que não teve chance de reação. A arma do agente foi levada. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas o guarda municipal não resistiu e morreu no local.

Agentes do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves fizeram a remoção do corpo na madrugada deste domingo. A perícia ainda vai definir quantos tiros o agente levou.

A namorada do guarda registrou um Boletim de Ocorrência ainda na madrugada de domingo. A Polícia Militar está fazendo rondas no distrito na tentativa de localizar o criminoso.

Edi Carlos estava há 10 anos na corporação.

Roma News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *