Grupo publicava fotos com armas e objetos de furto em redes sociais. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Grupo publicava fotos com armas e objetos de furto em redes sociais. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Grupo publicava fotos com armas e objetos de furto
em redes sociais. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Uma operação das Polícias Civil e Militar prendeu dois homens apontados como integrantes de uma quadrilha que realizava roubos e latrocínios no município de Acará, no nordeste do Pará. De acordo com informações divulgadas nesta terça-feira (28) pela Polícia Civil, o grupo publicava imagens nas redes sociais exibindo armas, dinheiro e objetos roubados.

Os suspeitos foram detidos em uma boate do município na madrugada do último domingo (26). A Polícia informou que três pessoas já haviam sido detidas e um adolescente foi apreendido durante as investigações, todos por suspeitas de envolvimento com a quadrilha.

Segundo a Polícia, o grupo passou a ser monitorado após denúncias feitas por vítimas de assaltos, e parte dos integrantes foi presa em uma casa usada como ponto de reunião. Todos permanecem detidos à disposição da Justiça.

 

Via G1 PA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *