Na noite da última quinta-feira, 10, o governador do Pará, Helder Barbalho, assinou dois protocolos com o Instituto Butantan e a aliança mundial Covax Facility de intenção para compra de vacinas contra a covid-19. O pronunciamento ocorreu na abertura do Seminário Novos Gestores 2021, no Theatro da Paz, em Belém.

Durante o evento, o governador disse que serão adquiridas apenas os imunizantes registrados e liberados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Os imunizantes do Instituto Butantan e do consórcio Covax Facility estão entre as que testaram as fases 1 e 2 e já enviaram para a Anvisa a sua liberação.

Por meio das redes sociais, Helder informou que os contratos são um “plano B”, caso o Governo Federal não realize a vacinação no “tempo de urgência” do Pará.  

Segundo informações do Estado, a estratégia estadual de vacinação começará por grupos específicos, primeiramente, sendo destinadas 140 mil doses para profissionais da saúde; 50 mil doses para populações quilombolas e indígenas; 550 mil para pessoas acima de 60 anos e 25 mil doses para profissionais da área de segurança pública, que desenvolvem ações de alta exposição ao contágio.

Roma News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *