Gás de cozinha no Pará fica 0,5% mais caro no último mês, aponta Dieese
Foto: Reprodução/EPTV

O preço do gás de cozinha comercializado no Pará ficou mais caro no último mês. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e divulgada nesta sexta (7), o valor do botijão de 13 quilos apresentou reajuste 0,5%. Esse valor representa um acréscimo de cerca de R$ 0,40 no valor final do produto.

De acordo com o levantamento, os botijões comercializados no estado custam entre R$ 68,00 e R$ 100,00. O valor médio do produto girou em torno de R$ 76,31. Esse preço equivale a cerca de 7% do atual salário mínimo determinado pelo Governo Federal (R$ 1.045).

No Pará, as cidades que possuem o botijão de gás mais caro, em média, estão na região sudeste do estado. Segundo o Dieese, o gás mais caro do Pará é comercializado em Paragominas, com preço médio de R$ 94,30. Os primeiros colocados seguem com Redenção, Xinguara, Altamira e Conceição do Araguaia.

Em relação aos preços dos botijões comercializados em outros estados do país, a pesquisa aponta que o gás do Pará é o 7° mais caro do país. Os três primeiros da lista são os estado do Mato Grosso, Roraima e Acre.

G1

loading...