Droga foi transportada do Mato Grosso para o Pará. (Foto: Divulgação/ Policia Civil)
Droga foi transportada do Mato Grosso para o Pará. (Foto: Divulgação/ Policia Civil)
Droga foi transportada do Mato Grosso para o Pará.
(Foto: Divulgação/ Policia Civil)

Mais de 60 quilos de cocaína foram apreendidas em Nova Timboteua, nordeste do Pará. A droga estava escondida dentro do motor de um caminhão interceptado pela Polícia Civil, de acordo com balanço divulgado nesta quarta-feira (12). Droga foi transportada do Mato Grosso para o Pará.

Investigações coordenadas pela equipe da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), sob direção do delegado Hennison Jacob, levaram à prisão em flagrante do caminhoneiro de 27 anos. O veículo foi abordado por volta de 23h de terça-feira (11). Dois carros que seriam usados para transportar a droga foram abandonados em um sítio, na zona rural do município.

A droga apreendida e o caminhoneiro preso foram conduzidos para a sede da DRE, na rodovia Mário Covas, em Ananindeua, onde foi lavrado o flagrante. Conforme o delegado, o preso atuava no esquema do tráfico de drogas, como “mula”, responsável em levar a droga do fornecedor ao destinatário.

A equipe da DRE já investigava a atuação do caminhoneiro, pois não era a primeira vez que ele transportava drogas até o Pará. Desta vez, detalha o policial civil, a equipe da DRE já tinha em mãos a placa do caminhão, o que possibilitou a abordagem do veículo, na localidade conhecida como Vila da Curva.

A droga estava plastificada e apresentava uma espécie de rótulo com a imagem de uma caveira, o que seria uma assinatura do proprietário da droga. Logo após a abordagem do caminhão, os policiais civis ainda tentaram prender a pessoa que iria receber a drogas, mas o suspeito saiu em fuga em um carro, até abandonar o veículo e se embrenhar na mata. Dois carros particulares foram apreendidos. Um deles foi conduzido para a DRE.

Segundo a polícia, em depoimento, o preso confessou o crime, alegando que havia sido contratado por duas vezes para fazer o transporte da droga, até o Pará, por R$ 8 mil. Após o procedimento, ele permanecerá preso à disposição da Justiça. Para o delegado, trata-se do mesmo grupo que, em maio deste ano, teve 90 quilos de drogas apreendidas por policiais civis da DRE, em Terra Alta, nordeste do Pará.

 

Via G1 PA

Comentário
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *