Nesta sexta-feira (11), A Polícia Federal deflagrou a operação “Prenúncio Criminal” que tem como objetivo investigar o desvio de recurso públicos da Prefeitura de Altamira, na gestão de 2013 a 2020 no município de Altamira, sudoeste do Pará.

A investigação iniciou após empresas no ramo da construção civil, ser contratada para executar serviços sem que a mesma tivesse lastro para executa-lo. A investigação teve como base fraudes de licitações dessa empresa.

A Polícia Federal investiga os crimes de frustração de direito assegurado por lei trabalhista, peculato, corrupção passiva, fraude em procedimento licitatório e decreto e apropriação e uso de bens públicos para proveito próprio.

A Vara Criminal da Justiça Estadual de Altamira expediu 5 mandados de busca e apreensão, sendo 4 mandados cumpridos em Altamira e 1 mandando cumprido em Belém.

Em entrevista o delegado da Polícia Federal, Mauro Sergio, responsável pela investigação, dá informações sobre o andamento da operação.

A operação refere-se a desdobramento da Operação Prenúncio, deflagrada no segundo semestre do ano passado pela Polícia Federal, com participação do Ministério Público Estadual através de ação de improbidade administrativa.

Cerca de 20 policiais federais participaram da Operação de hoje nas duas cidades.

Com informações da Comunicação Social da Polícia Federal de Altamira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *