Transferido no início da tarde de segunda-feira, 19, para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua, o trabalhador braçal Emanoel Ribeiro da Silva, 19, anos. Ele teve 90% do corpo queimado após sofrer um ataque de fúria da esposa, Karina Gomes da Silva. O caso aconteceu domingo, 18, não foi um dia feliz na vida do casal Emanoel e Karina.

A mulher suspeitava de uma suposta traição do marido. Num determinado momento da discussão, ela de posse de uma faca aplicou-lhe um golpe na região abdominal, ferido, o homem caiu, em seguida, Karina pegou um vasilhame com álcool e despejou no corpo do homem, e riscou um palito de fósforo.

Com o corpo em chamas, o Emanoel correu para o banheiro da casa e ligou o chuveiro para apagar as labaredas. Em ato contínuo, pediu socorro na vizinhança. A vítima do pescoço para baixo estava todo queimado com ferimentos de segundo e terceiro grau”, disse um funcionário do Hospital Municipal de Jacundá, para onde a vítima foi sorrida antes de ser transferida para o Regional de Tucuruí ainda na tarde de domingo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *