Duas mulheres foram presas na quarta-feira (29), acusadas de deixarem os filhos menores de idade, trancados em casa para irem ingerir bebida alcoólica em um bar da cidade. O caso aconteceu, em Parauapebas, sudeste paraense.

LEIA TAMBÉM

Procurador-geral denuncia o prefeito de Tailândia por crime de responsabilidades

Railda Barbosa dos Santos e Jonileia Ribeiro da Silva foram presas pela Polícia Militar, depois de deixarem os filhos, um garoto de 11 e outro de 2 anos de idade, trancados em casa, enquanto elas se divertiam.

A situação foi descoberta, depois que os PM's atenderem um pedido de apoio do Conselho Tutelar, porque duas crianças estavam trancadas em uma casa. Segundo o policial, o local estava revirado e no fogão havia comida estragada.

O garoto de 2 anos estava dormia descoberto, com o rosto marcado de batom, e o outro menino, dormia em um tapete no chão. Questionado, onde a mãe estaria, o garoto de 11 anos, que é filho de Jonileia Ribeiro, disse que ela estaria bebendo com Railda, mãe do outro garoto de 2 anos, em um bar que fica no mesmo bairro.

Os militares foram ao bar, onde encontraram as duas mulheres. Elas receberam voz de prisão e foram conduzidas para a 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, onde foram autuadas por abandono de incapaz.

As mulheres não quiseram falar com a Imprensa e Jonileia ainda riu da situação dela mesma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *