Foto: reprodução

O corpo de uma mulher identificada como Maria Rosangela dos Santos Louredo foi encontrado enterrado na tarde do último domingo (22), na vicinal Pedra Furada, zona rural de Eldorado dos Carajás, no sudeste paraense. O cadáver da vítima estava em uma cova rasa, que estava coberta por algumas pedras e coberto de forma superficial. O principal suspeito de cometer o crime é o ex-marido, que foi preso ainda no domingo. As informações são do portal Correio de Carajás.

A vítima tinha sido vista pela última vez na quinta-feira (19). O cadáver teria sido encontrado por amigos e familiares que procuravam por ela. A Polícia Militar informou que a descoberta foi feita por volta de 13h30. No local, foi feita a preservação do local do crime, até a chegada da equipe da Polícia Científica e Polícia Civil para realizar o levantamento das primeiras informações. O cadáver foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Parauapebas, região sudeste do Pará, onde passou por exame de necropsia e já foi liberado para a família.

Prisão do suspeito

Ainda no domingo, horas após o corpo da moça ser encontrado, o ex-marido da vítima, identificado até o momento apenas com o prenome de Moisés, foi preso no distrito Rio Vermelho, em Eldorado dos Carajás, nas proximidades de Sapucaia. Ele foi autuado pela Polícia Civil por feminicídio e ocultação de cadáver. Os próprios familiares e amigos localizaram e apontavam Moisés como suspeito do crime. 

De acordo com a PC, a ação policial iniciou com a investigação dos agentes da Delegacia de Eldorado dos Carajás quando tiveram conhecimento que uma mulher estava desaparecida. Os policiais contaram com o apoio das equipes do NAI/Marabá, da Delegacia de Xinguara, da Delegacia de Sapucaia e da Polícia Militar. As buscas pela vítima começaram um dia antes da prisão do investigado. O corpo foi localizado e a autoria do crime foi descoberta, considerando que o cadáver foi ocultado em um sítio que pertencia à família do suspeito. 

Após ser informado pelos familiares que a polícia teria localizado o corpo da vítima, o homem decidiu fugir. No entanto, os agentes conseguiram descobrir o destino dele. As informações foram repassadas para as unidades policiais de Xinguara, de Sapucaia e para a Polícia Militar que efetuaram a prisão em flagrante do suspeito durante ação conjunta. O homem foi encaminhado à Delegacia e permanece à disposição do Poder Judiciário.

Por: O liberal

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *