O carro onde o professor universitário Nielson Ribeiro e sua esposa Chen Mei Yin estavam quando desapareceram foi encontrado em uma região em Goainésia do Pará, no sudeste paraense.

Segundo a irmã do professor, Nelma Ribeiro, um helicóptero da Polícia que trabalha nas buscas achou o carro, Hyundai HB20, em um sobrevoo, e as buscas continuam. Até o momento, não há sinal do casal e nem do cachorro que os acompanhava no veículo, que teria capotado, segundo a irmã de Nielson.

De acordo com Nelma, a última informação recebida pelos familiares do professor foi que ele e a esposa foram vistos no município de Breu Branco, distante cerca de 77 quilômetros de Tucuruí, no sudeste paraense.

A informação foi repassada pela Polícia Civil. “Se sabe que eles passaram de Tucuruí e entraram na cidade de Breu Branco. A polícia informou que há uma imagem do carro em um posto de conveniência na saída do município”, contou a irmã do professor.

O caso

O professor Nielson da Paixão Ribeiro e a sua esposa, a auxiliar administrativa de origem chinesa Chen Mei Yin, estão sendo procurados pela família desde o último dia 23, depois de fazerem a travessia do Rio Xingu em uma balsa. O último contato com a família foi feito em um trecho entre Novo Repartimento e Marabá, e desde então, ambos seguem com paradeiro desconhecido.

Segundo Nelma Ribeiro, irmã do professor, Nielson disse que eles estavam em deslocamento para Belém, mas em um trecho da rodovia PA-483, a Alça Viária, os aparelhos celulares ficaram fora de área, e o último rastreamento os localizou, às 10h30 de domingo (23).

O casal está junto há quatro anos, após se conhecerem no Rio de Janeiro, onde chinesa naturalizada brasileira morava desde a infância. Chen Mei trabalha para a State Grid Corporation, empresa de energia da China que atua em Belo Monte e, por isso, o casal tem uma casa em Altamira, mas também possuem residência em Belém, onde Nielson leciona no Instituto de Tecnologia (ITEC) da UFPA. Ele também é coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química.

Os familiares e a Universidade pedem que qualquer informação sobre o casal ou as circunstâncias de seu desaparecimento seja repassada aos números (91) 98212-6069, (93) 99121 5632, e (91) 99275 0780. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *