A Prefeitura de Bragança publicou decreto de n° 154/2021, que dispõe sobre a suspensão total de atividades não essenciais (lockdown), em vigor a partir desta terça-feira (6), com duração de sete dias, visando a contenção do avanço descontrolado da covid-19.

A medida foi adotada de acordo com decisão técnica do Comitê de Gerenciamento de Crise da Covid-19 em Bragança, com base nos dados epidemiológicos dos órgãos competentes em saúde, considerando a alta taxa de ocupação nos leitos de hospitais públicos e privados, incluindo UTIs, seguindo também as orientações e alertas emitidos pelo Ministério da Saúde.

O decreto informa que os municípios integrantes  da Zona OO (bandeira preta) deverão adotar a regra de proibição de circulação de pessoas, salvo por motivo de força maior, justificado o deslocamento de uma pessoa da família ou por unidade residencial, que poderá estar acompanhado por criança pequena, nos seguintes casos: para aquisição de gêneros alimentícios, medicamentos, produtos médico-hospitalares, produtos de limpeza e higiene pessoal.

Restrições entram em vigor


Para o comparecimento próprio ou de uma pessoa como acompanhante, a consultas ou realização de exames médicos-hospitalares, nos casos de problema de saúde: para a realização de operações de saque e depósito de numerário; e para a realização de trabalho, nos serviços e atividades consideradas essenciais.

Os serviços de táxi, mototáxi e de transporte de aplicativo de celular deverão exigir de seus passageiros a comprovação de que a circulação está devidamente amparada no que estabelece o decreto. Também fica proibida toda e qualquer reunião, pública ou privada, inclusive de pessoas da mesma família que não coabitem, independentemente do número de pessoas.

Entre as atividades essenciais permitidas estão: assistência à saúde, incluindo os serviços médicos, hospitalares e clínicas veterinárias, com funcionamento de 24 horas por dia, assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade, também com funcionamento de 24 horas por dia. Para obter mais detalhes sobre o lockdown em Bragança, acesse aqui a íntegra do decreto. 

Fonte: O liberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *