Crédito: Arquivo pessoal

Há pelo menos 15 dias um morador de rua identificado apenas pelo nome “Marcos” agoniza em uma rua no bairro do Umarizal. Abrigado na calçada de um bar, o homem, visivelmente desnutrido, está com um dos braços necrosado após sofrer um acidente com fratura exposta.  A denúncia chegou a público por meio de postagens em rede social e as imagens mostram que que a vítima já perdeu um dos dedos da mão.

O homem, que aparenta ter em torno de 40 anos, está abrigado na calçada de um bar, localizado na Travessa Três de Maio, esquina com a Domingos Marreiros. Voluntários de organizações sociais pedem ajuda ao Ministério Público do Pará, para intervir na situação. Segundo Sofia Pag, da ONG Pará Solidário, Marcos se recusa a receber atendimento médico, sendo necessária uma intervenção involuntária. “Médicos do Consultório de rua estiveram ontem aqui, mas ele disse que quer morrer e recusou o atendimento”, relata.

O caso está sendo acompanhado por organizações sociais de assistencia a pessoas carentes há quatro dias e ainda segundo a voluntária Sofia, Marcos não consegue se alimentar ou comer nada. Nesta quarta, 17, a Policia Militar esteve no local e os voluntários aguardam novamente uma equipe dos médicos do Consultório de Rua.

Reprodução/ Roma News

Por: Roma News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *