Polícia Federal faz operação para combater crimes de estelionato previdenciário. (foto: Ascom PF)

Na manhã de hoje (terça-feira, 21) a Polícia Federal deflagrou a Operação Artimanha que tem como objetivo o combate a crimes de estelionato previdenciário. Durante a ação, foi dado cumprimento a 03 (três) mandados de busca e apreensão, todos expedidos pela Justiça Federal do Pará, e cumpridos na Cidade de Belém.

O Inquérito Policial foi instaurado após a Polícia Federal identificar possíveis fraudes na concessão de 14 (quatorze) benefícios de Amparo Social ao Idoso, sendo que 13 (treze) deles teriam beneficiários de idêntico endereço residencial, levantando a hipótese de se tratar de pessoas fictícias.

De acordo com o que já foi apurado, o grupo promovia fraudes contra o INSS, mediante criação de beneficiários fictícios de benefícios assistenciais, com o acesso aos cartões magnéticos vinculados e realizavam retiradas de valores em prejuízo ao INSS.

As investigações seguem em andamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.