Foto: PF/ Portal Tailândia

BELÉM/PA – A Polícia Federal, em conjunto com a Polícia Civil, deflagrou na manhã desta quarta-feira (8/11) a operação Invasão, para combater crimes de compartilhamento de materiais relacionados ao abuso sexual infantojuvenil e invasão de dispositivo informático. Foi cumprido um mandado de busca e apreensão em Marituba contra suspeito de compartilhar vídeos íntimos da ex-namorada em redes sociais.

A investigação foi iniciada pela Polícia Civil do Pará e o inquérito foi repassado à Polícia Federal. Foi verificado que o suspeito acessou sem autorização o celular da ex-namorada, uma adolescente. Depois, criou uma conta falsa em rede social e passou a compartilhar fotos e vídeos íntimos que obteve do celular dela.

A vítima denunciou os crimes e, após a investigação, a PF cumpriu mandado de busca e apreensão, expedido pela 3ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária do Pará.
O investigado já havia sido preso pela Polícia Civil, em julho, pelo crime de armazenamento de pornografia infantojuvenil e está em liberdade desde setembro. Ele responderá pelos crimes de compartilhamento de pornografia infantojuvenil, previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente e invasão de dispositivo informático.

Conforme previsto no Código Penal, é crime invadir dispositivo informático de uso alheio, conectado ou não à rede de computadores, com o fim de obter, adulterar ou destruir dados ou informações sem autorização expressa ou tácita do usuário do dispositivo ou de instalar vulnerabilidades para obter vantagem ilícita.

Por: PF

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *