Foto: Divulgação   

Agentes de segurança pública continuam sob ataque da criminalidade no Pará. Na manhã desta quarta-feira (18/%), o sargento da reserva da Polícia Militar, Juscelino Cardoso Cepeda, foi morto com tiros na cabeça após ter a casa invadida por criminosos na Estrada de São Francisco, no Distrito de Mosqueiro, na Região Metropolitana de Belém (RMB).

O policial foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levados às pressas em estado gravíssimo para o Hospital Metropolitano, em Ananindeua, na RMB, mas não resistiu.

De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos são três homens que fugiram após o crime. Eles ainda levaram alguns pertences da casa do sargento.

Ainda segundo a PM, incursões estão sendo realizadas no Distrito em buscas dos criminosos. As ações criminosas contra os agentes de segurança chegaram a um nível de ousadia que parece não ter limites, com ataques sequenciados a policiais militares, penal e guardas municipais.

O sargento é a sétima vítima fatal nos últimos sete dias. Na noite de ontem (17/5), um Guarda Municipal de Benevides foi morto em Marituba, na RMB, e um policial militar da reserva foi baleado no Conjunto Panorama XXI, no Bairro do Bengui, em Belém.

Por: Native News Carajás

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *