E se a explosão de Beirute tivesse acontecido no centro de Belém? Por meio de uma ferramenta do Google chamada Google Map Developers, o site Buzzfeed News reproduziu a dimensão territorial do impacto caso a tragédia fosse na capital paraense.  

Segundo a TV Al Jazeera, a explosão na capital do Líbano foi sentida a até nove quilômetros de distância do local da explosão, na região portuária da cidade, quebrando janelas do aeroporto internacional de Beirute. Dados de ontem, 6, estimam 157 mortos e mais de 5 mil feridos. 

Em Belém, tendo como ponto da explosão a região central da cidade, em uma área próxima aos bairros do Umarizal, Fátima e São Brás, os estragos ultrapassariam as fronteiras da capital.

Além de tomar completamente a Universidade Federal do Pará (UFPA), o Parque Estadual do Utinga Camillo Vianna, a Basílica de Nazaré, o Aeroporto Internacional de Belém e a Ilha do Combu, os impactos também seriam sentidos em partes do município de Barcarena, Acará, e no Aurá, em Ananindeua. Em Belém, só mesmo os distritos de Outeiro e Icoaraci se salvariam.

Veja a projeção: 

Por Roma News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *