Crédito: Reprodução/Agência Pará

Arlene Giuvin da Silva foi morta pelo seu própria filho na madrugada desta terça-feira, 18, em um prédio localizada na avenida Serzelo Correa e travessa Doutor Moraes, no bairro da Batista Campos, em Belém

A Polícia Militar (PM) foi acionada e isolou a área para o Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPCRC) realizar a remoção do corpo. 

Segundo informações preliminares, o seu filho era advogado e foi encaminhado para Divisão de Homicídio da Polícia Civil. 

Matéria em atualização. 

Por: Roma News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.