Uma pessoa, que não teve identidade revelada, foi morta a tiros nas primeiras horas da manhã deste sábado (14), no ramal do Castanhal II, em Abaetetuba. A vítima estaria a caminho do trabalho, quando foi abordada por dois homens.

Testemunhas relataram que os criminosos teriam tentado roubar a motocicleta da vítima, que resistiu para não entregar o veículo e foi alvejada por, pelo menos, cinco disparos de arma de fogo. O homem morreu ainda no local, segundo as autoridades policiais.

Imagens gravadas por moradores dos últimos andares de um condomínio próximo do local do crime mostram a vítima já caída ao chão. Enquanto isso, um dos suspeitos tenta ligar a motocicleta da vítima para fugir.

Como o veículo travou, o criminoso empreendeu fuga, tomando rumo desconhecido, na motocicleta do comparsa dele. Antes de fugir, porém, o suspeito ainda empurrou a motocicleta que não funcionou e passou por cima da cabeça do homem.

A Polícia Civil, por meio da Superintendência Regional do Baixo Tocantins, informou que a principal linha de investigação para o caso é de latrocínio, pois a vítima trabalhava como vigia e teve a arma levada pelos criminosos. “Qualquer informação que possa ajudar a polícia na elucidação do crime, deve ser repassada para o Disque-Denúncia, 181”, pediu a PC.

Por meio de nota, a Polícia Militar disse que equipes do 31° Batalhão da PM, em Abaetetuba, atenderam a ocorrência e realizam buscas para localizar e prender os criminosos.

A vítima trabalhava em uma empresa terceirizada da Equatorial Energia. A concessionária informou que lamenta o ocorrido e acompanha as investigações junto à Polícia Civil.

No momento do crime, os suspeitos trajavam roupas de uma empresa de alumínio, localizada em Barcarena, com a qual a reportagem tenta contato.

Fonte: O Liberal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *