(Foto: Josenaldo Jr./Portal Tailândia)
Greve-Banco-do-Brasil-Tailandia-PA
Agência do Banco do Brasil de Tailândia. Cartazes informam sobre a greve. (Foto: Josenaldo Jr./Portal Tailândia)

A greve dos bancários do Pará chega ao 8º dia nesta quinta-feira (26) e, com a paralisação do atendimento nas agências, aposentados e pensionistas do INSS enfrentam dificuldades para receber o benefício, mas categoria garante que todos serão atendidos.

São cerca de 770 mil pensionistas, que correspondem a uma folha de pagamento de quase R$ 770 milhões. De acordo com o bancário, Sílvio Kenner, todos receberão o benefício. “Nós estamos organizando um atendimento especial para os beneficiados do INSS, todos eles vão ser atendidos normalmente. Inclusive, as pessoas que estiverem com problema de cartão bloqueado ou cartão vencido vão ser atendidos por nós”, explica.

Os avisos de greve são pregados todos os dias em frente aos bancos. Faixas e cartazes também mostram quais agências aderiram o envolvimento. A decisão de paralisação foi tomada em assembleia geral no dia 16 desse mês, mas a greve só começou três dias depois. A categoria pede um reajuste salarial de 11,93%, aumento do piso salarial de R$ 1.519 para R$ 2.860, e a contratação de mais bancários.

De acordo com a Presidente do Sindicato dos Bancários, Rosalina Amorim, a greve só foi deflagrada apenas após varias tentativas de negociação. “A gente entrega a pauta de reivindicações após 4 ou 5 rodadas de negociação e, quando não tem mais avanço na mesa de negociação, a classe trabalhadora não tem outra arma senão entrar na greve propriamente dita”.

A categoria promete só voltar ao trabalho quando as reivindicações forem atendidas. Segundo o sindicato, apenas 30% dos funcionários estão trabalhando, conforme determinação legal.

Tailândia

Em Tailândia a situação é a mesma do restante do estado, cartazes avisam da greve e a movimentação nas agências é pouco.

 

Para acompanhar mais notícias de Tailândia, Curta o Portal Tailândia no Facebook facebook.com/portaltailandia.com.br. Siga também o Portal Tailândia no Twitter e por RSS.

 

Via, G1 PA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.