Crédito: Reprodução/Correio de Carajás

prefeito de Bom Jesus do Tocantins, cidade do sudeste paraense, resolveu apelar à fé dos moradores após o município registrar recorde de mortes por covid-19. João Cunha Rocha estabeleceu por meio de decreto municipal que este domingo, 21, será dia de jejum e oração.

Toda a população foi recomendada a se dedicar às atividades religiosas para que “Deus tenha misericórdia”. O decreto diz ainda que ação é em resposta à pandemia mundial causada pelo coronavírus, “que se encontra adoecendo e matando pessoas em nosso município, no nosso país e milhares de pessoas no mundo”.

O município de Bom Jesus contabiliza 14 óbitos desde que o primeiro caso ocorreu, no primeiro semestre do ano passado. Todavia, cinco deles ocorreram em 2020 e nove nos dois meses e meio de 2021, o que acendeu o sinal vermelho e levou a gestão municipal a desencadear uma série de medidas mais enérgicas.

De acordo com o boletim epidemiológico mais recente disponível no site da prefeitura, do dia 17 de março, Bom Jesus está com 522 casos confirmados de covid-19, tendo sido recuperados 484 casos. Até agora, 14 pessoas morreram por conta da doença.

Por: Correio de Carajás

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *