(Foto: divulgação)
(Foto: divulgação)
(Foto: divulgação)

Pelo terceiro mês consecutivo este ano a alimentação básica dos paraenses voltou a ficar mais cara, informou o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese/PA).

Além das questões sazonais, grande parte destes aumentos que continuam ocorrendo na alimentação já eram esperados, em função principalmente dos reajustes que ocorrerarm e continuam acontecendo na energia elétrica e também nos combustíveis.

Em março, a cesta básica dos paraenses custou R$ 320,02 com alta de 1,63% em relação aos preços praticados no mês de fevereiro. Os produtos que tiveram maiores altas foram o tomate, com reajuste de 6,42%, seguido pelo óleo de cozinha (+2,56%); banana (+1,85%); Pão (+1,59%) e da manteiga (+1,14%). Também no mês passado (março), alguns produtos continuaram apresentando quedas de preços, com destaque para a farinha de mandioca com recuo de 1,46%, seguido do açúcar com recuo de 0,82%.

Ao todo, o balanço divulgado pelo Dieese/PA mostra reajuste de preço acumulado de 4,03% no trimestre. A expectativa é que novos reajustes ocorram.

 

 

(DOL, com informações do Dieese/PA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *