O padrasto de uma adolescente de 14 anos foi preso suspeito de prática de estupro de vulnerável em São Félix do Xingu, no sudeste do Pará.

Segundo relato da vítima à Polícia, os abusos começaram quando ela tinha 12 anos e ocorriam em “rituais espíritas sexuais”. A vítima foi encaminhada para exames periciais que confirmaram a violência e gravidez.

O caso foi registrado pela Superintendência Regional do Alto Xingu. De acordo com o boletim de ocorrência, a denúncia foi feita a partir de relatos do Conselho Tutelar do município.

A adolescente e testemunhas foram ouvidas no inquérito policial. A mãe confirmou os crimes e, segundo a Polícia, foi conivente com os abusos.

O padrasto foi preso temporariamente na última quinta (6). Na casa dele, no bairro central da cidade, ainda moram outras cinco pessoas menores de 18 anos de idade, segundo a Polícia.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que aconteceu hoje, direto no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.