Na noite desta quarta-feira, 18, um bebê de apenas dois meses apresentou complicações para respirar e foi salvo por militares do 31º Batalhão da Polícia Militar (31º BPM), unidade vinculada ao Comando de Policiamento Regional IX (CPR IX), em Abaetetuba, no Baixo Tocantins.

O cabo Franciel Negrão e o soldado Manoel Negrão realizavam ações de segurança pública na cidade, quando foram acionados pelo pai da criança, que informou que a criança estava vermelha e com as vias respiratórias superiores obstruídas.

De forma rápida, um dos policiais pegou a criança nos braços, enquanto o outro orientava quanto aos procedimentos necessários para que a respiração fosse normalizada. Após a realização da manobra, o bebê voltou a respirar, acalmando os pais que estavam nervosos com a situação do filho. 

“Em razão da criança já estar quase desfalecida, eu iniciei a manobra de Heimlich, que é um procedimento de primeiros socorros. Foi aí que eu constatei que o bebê foi voltando a respirar. Graças a Deus nós estávamos próximos quando aconteceu, pois onde eles estavam é bem distante da unidade de saúde”, comentou o soldado Manoel Negrão.

Após o susto, o bebê foi levado na viatura para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde recebeu atendimento médico especializado.

Agência Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *