Resiliência é superar o passado, construindo o presente e o futuro que se quer.

O melhor exemplo são os Estados Unidos: o maior ataque terrorista de sua história levou à ruína um dos símbolos de poder da civilização ocidental, as Torres Gêmeas. Após o 11 de setembro, foram quase 3 mil mortos; 45 milhões de toneladas de escombros; dor lancinante, medo e terror.

foto: reprodução

Uns afirmavam que ali jamais poderia ser construído qualquer coisa novamente. Mas os líderes visionários sabiam que era uma questão de honra.

Museu em homenagem às vítimas do World Trade Center (foto: AP Photo/Timothy A. Clary, Pool)

Empreenderam uma batalha hercúlea: erguer uma nova torre, aprimorada, com um design que inspirasse liberdade, abertura, fluidez, luz, resistência às intempéries e a possíveis novos ataques. Toda a estrutura do edifício de 107 andares e quase 600 metros de altura foi milimetricamente projetada. Ao lado do pós-arranha-céu, foram construídos um memorial e um museu em homenagem às vítimas.

Por Nilvan Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *