O Pará perdeu hoje um dos DJs mais conhecidos por embalar as festas com as músicas do “passado” – DJ Siqueirão. O profissional faleceu na noite de noite, por volta das 20h, após complicações pela Covid-19 no Hospital de Campanha do Hangar Centro de Convenções. Com Manoel Siqueira, de 51 anos, tinha mais de 30 anos como DJ. Ele estava internado desde o início desta semana em uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) no município de Santa Bárbara.

Segundo o presidente da Associação dos DJs de Aparelhagens, DJ Dinho, lamentou a perda do colega e destacou a importância dele para a música e cultura paraense. “Falar do Siqueirão é falar de um grande profissional do ramo da saudade. Um cara que desenvolvia o trabalho com muita precisão e talento na área dele, principalmente quando se tratava de música do passado. ELe tinha uma boa locução e animava as festas”, declarou. “Ele vai deixar um grande legado para todos nós, uma lembrança para todos nós”, complementou.

Siqueirão estava internado desde a última terça-feira, dia 9, na UPA de Santa Bárbara, aguardando um leito no Hospital de Campanha do Hangar. Siqueira estava acima do peso, tinha pressão alta e diabetes, o que complicou a doença. O DJ Iran começou a ajudá-lo na busca de um leito no hospital. Na manhã desta quinta-feira, dia 11, o DJ conseguiu uma vaga para ser transferido. Por volta das 13h30, Siqueira precisou ser entubado, e por volta das 18h começou ter paradas cardíacas.

Por: O Liberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *