Reprodução/Polícia Civil

Um vídeo gravado pela câmera de monitoramento de um estabelecimento comercial flagrou o momento em que uma mulher trans e em situação de rua, identificada como Moisés Caminho Junior de Alencar, 30 anos, foi ferida com um golpe de terçado no rosto enquanto dormia. O caso aconteceu na última segunda-feira, 23, em Rio Branco, no Acre. Minutos após o crime, o acusado, identificado como João Batista da Silva de 64 anos, foi preso.

O vídeo mostra a mulher trans que estava dormindo deitada em um banco próximo às lojas, quando foi surpreendida por João Batista, que de posse de um terçado, desferiu um golpe no rosto da vítima, que teve um corte profundo na face e chegou a atingir o olho direito. Após a ação, o homem conseguiu fugir correndo com o terçado nas mãos, mas foi preso minutos depois por policiais militares.

Populares que passavam no local rapidamente acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que enviou um ambulância até o local, onde os paramédicos prestarem os primeiros atendimentos e encaminharam a mulher trans ao pronto-socorro de Rio Branco, entubada e em estado de saúde estável, porém, a vítima corre o risco de ficar cega do olho que foi atingido pelo golpe de terçado. Durante a madrugada de terça-feira, 24, a mulher trans fugiu do PS da capital, onde aguardava para fazer duas cirurgias.

O idoso João Batista da Silva, 64 anos, foi preso acusado e indiciado pelo crime de lesão corporal, na Delegacia de Flagrantes (Defla). Na tarde da última terça-feira, 24, ele passou pela audiência de custódia e foi colocado em liberdade, mas terá que cumprir medidas cautelares, entre elas, o uso da tornozeleira eletrônica.

Por: Na Hora da Notícia

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *