Crédito: Divulgação

Um homem morreu e outros dois foram presos quando assaltavam uma loja da operadora Vivo na manhã desta quarta-feira, 07, em Angra dos Reis, na Costa Verde do Rio. Ele foi baleado pela polícia após fazer uma funcionária refém e tentar fugir, usando a mulher como escudo, pelas Rua do Comércio, no centro da cidade.

Após deixar o estabelecimento, ele foi caminhando a céu aberto com a vítima sob a mira da arma por cerca de dois quarteirões, sendo acompanhado pelos militares. Quando chegou à Rua Coronel Carvalho, um policial à paisana conseguiu atirar no assaltante e liberar a refém.

A ação foi acompanhada pelos frequentadores e trabalhadores do local, que registraram toda a agonia da vendedora, que ainda não teve o nome revelado.

Segundo a Polícia Militar, os outros dois assaltantes se entregaram na chegada dos policiais ao local e foram levados para a delegacia de Angra dos Reis.

O baleado chegou a ser levado para um hospital, mas não resistiu e morreu. Com ele foi apreendida uma pistola calibre 9 mm. A mulher feita refém não ficou ferida.

Por: Metrópoles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *