Crédito: Divulgação

A Polícia Civil afirmou que Fabrício Buim Arena Belinato, de 36 anos, suspeito de matar a mulher e a enteada de apenas 9 anos em Pompéia, interior de São Paulo, está sendo investigado por estupro de outra filha da vítima, de 16 anos. O homem não foi localizado.

Segundo o delegado Cláudio Anunciato Filho, a principal linha de investigação é de que a adolescente filha da vítima, apreendida na terça-feira, 2, por suspeita de participação no duplo homicídio, teria sofrido abusos sexuais há alguns anos.

“Está sendo apurado no inquérito policial duplo homicídio doloso, ocultação de cadáver e estupro de vulnerável. A adolescente é vítima e suspeita. Ela é vítima de estupro e suspeita de participação no duplo homicídio doloso”, explica o delegado.

Os corpos de Cristiane Arena, de 34 anos, e Karoline Vitória, de 9 anos, estavam enterrados no quintal da residência da família. As duas estavam desaparecidas desde novembro do ano passado.

Os agentes desconfiaram do crime depois que encontraram parte da casa reformada, com a construção de um contrapiso de concreto nas partes do fundo. Uma retroescavadeira foi usada para quebrar o concreto.

Por: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *