Crédito: Alan Santos/PR

Durante evento em Brasília realizado na última segunda-feira, 2, o presidente Jair Bolsonaro disse que “vai embora” caso cometa erros. Ele também destacou que só Deus pode tirá-lo da Presidência.

Na declaração, Bolsonaro afirmou que “Parece que não se pode falar a verdade. É ameaça de processo, até de impeachment. Só Deus me tira daqui. Não errei. Dei o melhor de ‘si’, juntamente com meus ministros. Temos um compromisso” destacou. Ao relembrar a vitória nas eleições de 2018, ele disse que ser presidente foi um “milagre” e que “não tinha nada para ser eleito”, pois se definiu como “um presidente fora do padrão”.

Durante a mesma ocasião, o presidente criticou as movimentações que tentam tirá-lo do poder, alegando que “É uma briga para se manter no poder, para cumprir a missão. Se eu errar um dia, não precisa de processo de impeachment, eu vou embora. Agora, estamos vendo usarem as armas da democracia para açoitá-la. Todos nós temos limites. Chefes de Poder têm limite. Devemos lealdade ao povo e temos obrigação de garantir a nossa democracia” disse.

Por: Pleno News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *