abastecimento-agua-tailandia-e-outras-cidades_portal

Mais de 65 mil famílias ou cerca de 260 mil pessoas estão sendo beneficiadas com obras de melhoria ou implantação de sistema de abastecimento de água potável, em 55 municípios localizados em diversas regiões do Pará. Segundo o titular da Secretaria de Estado de Integração Regional, Desenvolvimento Urbano e Metropolitano (Seidurb), Márcio Spíndola, o órgão executa 71 contratos para melhoria da rede de abastecimento de água, drenagem e sistema de esgotamento sanitário no interior paraense.

Parte dos recursos – que somam quase R$ 275 milhões – está sendo bancada pelo próprio Estado. Outra parte está sendo viabilizada por intermédio de operações de crédito, mediante a inclusão das obras em programas federais. As obras terão como resultado 60 mil novas ligações, contribuindo de forma direta para redução do déficit de abastecimento de água no Pará.

Atualmente, o serviço cobre cerca de 60% do Estado. Com as novas ligações, segundo Márcio Spíndola, este déficit será reduzido em torno de 15%. Além da implantação do serviço, também estão sendo executadas obras de ampliação de capacitação de água. “Muitas vezes já existem as ligações nos municípios, mas sem a oferta de água. Então em alguns municípios o que está sendo trabalhado é a melhoria no sistema de captação, aumentando a produção de água tratada para atender as ligações já existentes”, explica Spíndola.

Um dos municípios contemplados pelo volume de recursos é Capanema, no nordeste paraense, que receberá uma adutora de 13 km – a primeira acima de seis metros no Estado -, que percorrerá a rodovia BR-316. O sistema terá capacidade para levar água tratada para a população do município. Atualmente, a estrutura permite atender cerca de 20% da população. No primeiro momento, Spíndola explica que o contrato prevê 1.423 novas ligações. Uma segunda obra deverá instalar as demais ligações para atender toda a população. O sistema de capacitação e produção, orçado em R$ 20 milhões, será entregue à população em junho.

Em Abaetetuba, também no nordeste do Estado, a ampliação do abastecimento de água beneficiará 80% da população, com a instalação de 1.200 novas ligações. Outras 1.100 já instaladas receberão hidrômetros.  A obra, que deverá ser entregue em julho, conta com seis novos poços, um conjunto de 24 filtros, reservatório apoiado e aeradores. O investimento é viabilizado pelo Programa de Aceleração do Crescimento, através da Caixa Econômica Federal e totaliza R$ 10 milhões.

Nos municípios de Afuá, Almeirim, Anajás, Ourém, Placas, Prainha, Primavera, São Caetano de Odivelas,  Muaná, Óbidos, Quatipuru, Santo Antônio do Tauá, São Francisco do Pará e Vigia as obras de abastecimento de água atenderão 100% dos núcleos urbanos. Também está sendo executada a ampliação e implantação do sistema em Limoeiro do Ajuru, Ponta de Pedras, Breves, Curralinho, Nova Esperança do Piriá, Garrafão do Norte, Irituia, Jacundá, Muaná, Tailândia, Cachoeira do Piriá, Ihangapi, Palestina do Pará, Pau D’Arco, Tracuateua e Concórdia do Pará.

No que diz respeito ao esgotamento sanitário, a Seidurb realiza, atualmente, investimentos em Soure, Capitão Poço, Santa Cruz do Arari, Jacundá e Breu Branco. Já em Anajás, na ilha do Marajó, o foco do trabalho é a pavimentação de vias e calçadas do município, além do aterramento dos quintais. Um sistema de drenagem de águas pluviais também está sendo construído, o que deve contribuir para que a população do município não sofra mais de doenças como a malária. O investimento total é de R$ 4 milhões.

 

 

Para acompanhar mais notícias de Tailândia e Região, Curta o Portal Tailândia no Facebook: facebook.com/portaltailandia.com.brSiga também o Portal Tailândia no Twitter e por RSS.

Com informações: Amanda Engelke – Secom | Agência Pará

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *