Reunião ocorre na manhã desta segunda-feira, 28, na sede da Segup.
Sindicatos de rodoviários e secretaria de segurança discutem o assunto.

rodoviarios

Representantes do Sindicato dos Rodoviários de Belém, Ananindeua e Marituba se reúnem na manhã desta segunda-feira (28), com o Secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Luiz Fernandes Rocha, na sede da Segup, em Belém. O encontro foi solicitado pelos trabalhadores após um cobrador de ônibus ter sido assassinado na última quinta-feira (24) dentro de um ônibus no bairro Icuí, em Ananindeua, na região metropolitana.

Os rodoviários cobram ações para garantir a segurança de motoristas, cobradores e também para a população, usuária do transporte público. “Queremos postos como as UPPs nos pontos de maior insegurança, como na Arthur Bernardes, no bairro da Pratinha; no próprio Icuí; no Tenoné; na Estrada Nova”, disse Edilberto Ventania, do sindicato dos rodoviários de Belém.

O presidente do sindicato de Ananindeua e Marituba, Huelen Ferreira da Cunha, pede ainda que a Polícia Militar faça abordagens dentro dos ônibus. “Isso tem que ser feito nos finais de linha e nos pontos mais críticos. Fazemos os boletins de ocorrência e são arquivados. Queremos uma solução”, disse. Participam também da reunião representantes das polícias civil e militar.

Entenda o caso
O cobrador foi morto durante um assalto na quinta-feira (24), em Ananindeua. A vítima estava à trabalho quando foi abordada dentro do veículo que faz a linha Icuí-Presidente Vargas.

O crime ocorreu por volta de 10h, próximo ao final da linha do coletivo. Segundo testemunhas e o próprio motorista do ônibus, o suspeito invadiu o coletivo e anunciou o assalto. O criminoso teria ido em direção ao cobrador e roubado todo o dinheiro da renda das passagens. Mesmo sem reagir, o cobrador foi atingido por dois tiros e morreu no local.

Após o crime, motoristas e cobradores interditaram um trecho da BR-316 próximo ao túnel do Entroncamento, no sentido Ananindeua-Belém.

 

Via: G1 Pará

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.