Entre as principais exigências dos servidores estão as melhorias salariais e a implementação do Plano de Cargos e Carreiras e Remuneração (PCCR)

 

Foto: Divulgação

Os servidores do Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran) iniciaram uma greve a partir das 00h desta sexta-feira (15). Segundo o Sindetran, sindicato dos funcionários do órgão, a decisão de paralisar as atividades porque até o momento não houve nenhuma resposta do Governo, com relação às reivindicações da categoria.

Os servidores do Detran programaram uma reunião a partir das 8h de amanhã, em frente ao Sindetran, localizado no conjunto Panorama XXI, na avenida Augusto Montenegro, para discutir a agenda de greve. Por enquanto, não há previsão de protestos.

Entre as principais exigências dos servidores estão as melhorias salariais e a implementação do Plano de Cargos e Carreiras e Remuneração (PCCR). A greve foi ameaçada ainda no começo de junho, em Assembleia Geral Extraordinária, quando o Sindetran apresentou a proposta da secretária de Estado de Administração, Alice Viana, a qual definia que pauta de reivindicações seria discutida somente a partir de setembro.

Em nota, o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Administração (Sead), disse que será feito um estudo do Plano de Cargos e Carreiras (PCCR), do Detran, e que algumas medidas já foram adotadas, “como a reestruturação da tabela salarial, feita em 2011, que concedeu 102% de reajuste na remuneração, enquanto que a inflação acumulada ficou em torno de 8%”.

A titular da Sead, Alice Viana, esclareceu que é necessário manter o equilíbrio fiscal e financeiro do Estado e que os recursos do Estado precisam ser aplicados fundamentalmente em políticas públicas, especialmente nas áreas de serviços essenciais como saúde, educação e segurança.

 

DOL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.