Redução do preço do gás natural pode baixar conta de energia elétrica
Crédito: Reprodução / internet

Em estudo pelo governo federal, a redução do preço do gás natural com a abertura de mercado pode gerar redução nos preços da energia elétrica, mas especialistas apontam que sucesso do projeto depende de fatores como a melhoria da infraestrutura para transporte e distribuição.

A mudança no mercado de gás natural no Brasil está em estudo pelo governo. O objetivo é baratear os preços. O que, na prática, significa acabar com o monopólio da Petrobras nessa área, permitindo assim a concorrência entre diversas empresas.

A queda de custo deve atingir principalmente os principais consumidores do gás natural – a indústria e o setor de energia termelétrica – mas a expectativa do governo é que essa redução seja repassada ao consumidor final.

O governo diz que, com a abertura do mercado, o preço do gás natural poderá cair e, consequentemente, o preço da energia elétrica, já que parte das usinas térmicas usam o combustível para gerar eletricidade.

Para os especialistas, no entanto, a maior oferta de gás no mercado tende a reduzir o preço, mas não é suficiente se não houver infraestrutura.

Com informações do G1

loading...