Foto: Divulgação

O jornalista Gustavo Negreiro pediu desculpas por um ataque feito sobre a ativista Greta Thunberg, de 16 anos, durante seu programa 96 Minutos da rádio 96 FM de Natal (RN).

O radialista disse ao vivo que a garota “está precisando de sexo” e acabou demitido.

“Ela é mal-amada. Se ela também não gosta de homem, que ela pegue uma mulher, se ela for lésbica. Ela está precisando de sexo. Ela é uma histérica mal-amada”, declarou na ocasião. O momento foi registrado em um vídeo.

Gustavo foi confrontado durante sua fala por uma colega de bancada, mas ele completou: “Vá fumar o seu baseadozinho, sua maconha, de volta para a Suécia”.

A opinião controversa de Gustavo causou revolta nas redes sociais, e o próprio programa perdeu três dos seus quatro patrocinadores.

O radialista foi demitido ontem, e antes de deixar o comando do 96 Minutos pediu desculpas no ar. “Eu, de fato, não estava preparado para o comentário, porque tem algumas informações que eu não sabia. Antes de qualquer coisa eu digo que errei”, disse

Com informações UOL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *