O presidente Lucas Meira, e alguns jogadores do Palmas (TO) morreram após a queda de um avião particular na manhã deste domingo (24), por volta das 8h15. A aeronave havia acabado de decolar na pista da ATA (Associação Tocantinense de Aviação). Segundo informações não há sobreviventes. A pista fica localizada em Luzimangues, na outra margem do lago, saída para Paraíso.

De acordo com nota divulgada pelo clube, as vítimas foram: Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Vinícius Molinari, que tinham ficado para trás porque aguardavam resultados dos testes de covid-19. Além deles, o comandante da aeronave, identificado apenas como Wagner, também morreu no acidente.

O Palmas enfrentaria o Araguacema, às 16h de hoje, pelo campeonato tocantinense e, nesta segunda-feira (25), contra o Vila Nova, pela Copa Verde.

A CBF deve adiar as partidas do Palmas por tempo indeterminado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *