Rio de Janeiro – Jovens de comunidades participam do projeto Agentes de Promoção da Acessibilidade, da ONG Escola de Gente, onde recebem noções de Libras, audiodescrição e legislação inclusiva (Fernando Frazão/Agência Brasil)

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos lançou uma publicação que traz diretrizes sobre a implantação do Programa Espaço 4.0, que tem entres seus objetivos capacitar jovens e promover a criatividade por meio do uso da tecnologia. O guia é voltado para gestores públicos e traz informações detalhadas sobre o projeto, como metodologia, objetivos, benefícios e estratégias. 

O programa prevê a utilização de imóveis municipais para a oferta de atividades que utilizam impressoras 3D, computadores, tablets, smartTVs, entre outros equipamentos. A pasta afirma que o espaço pode ser implementado com emendas parlamentares de a partir R$ 200 mil. 

O governo federal diz que no país há 51,1 milhões de jovens com idade entre 15 e 29 anos e que o Programa Espaço 4.0 pretende evitar o desemprego, a evasão escolar e a vulnerabilidade social nessa parcela da população.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.