Programa Municípios Verdes – Rio +20 | Portal Tailândia.com.br

Entre os estados representados no Pavilhão Brasil, montado no Parque dos Atletas, está o Pará, cujo estande foi todo confeccionado em fibra de miriti

A presidenta Dilma Roussef visita nesta quarta-feira, 13, o pavilhão de exposições do Riocentro, onde acontece a programação da Conferência Sobre o Desenvolvimento Sustentável, que congregará representantes dos 193 Estados-membros da Organização das Nações Unidas e milhares de participantes dos mais variados setores da sociedade civil. O evento tem como sede a cidade do Rio de Janeiro e como espaço de convenções o Riocentro, que até o dia 22 de junho será território da ONU, onde ocorrerão as sessões plenárias, debates e negociações oficiais sobre temas prioritários da agenda internacional. A presidente inaugura, às 11 horas, o “Pavilhão Brasil” no Parque dos Atletas, em frente ao Riocentro, onde serão apresentadas as iniciativas e projetos ligados à temática ambiental desenvolvidos em todo o país. Entre os Estados ali representados está o Pará, que terá a oportunidade de divulgar ao mundo o seu mais bem sucedido programa: o Municípios Verdes. A abertura oficial da Rio +20 será às 18h30, também no Riocentro.

Com o auxílio das ferramentas tecnológicas, os visitantes do espaço reservado aos estados amazônicos vão poder conhecer o programa em detalhes,. “A ideia é que o estande do Pará seja altamente sustentável. Por isso, vamos disponibilizar todas as informações, curiosidades e as iniciativas sustentáveis do Estado em tablets, e não em folhetos, como normalmente acontece”, explica Fernanda Martins, representante de uma empresa de design sustentável responsável pela montagem do estande paraense. Além disso, o local também foi todo ornamentado com fibra de miriti, trabalho que traz a assinatura de um artesão de Abaetetuba, atendido pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater).

Florestabilidade – No dia 14, o governador do Pará, Simão Jatene, estará no Rio de Janeiro para participar do lançamento do programa “Florestabilidade”, em parceria com a Fundação Roberto Marinho. “O programa será uma espécie de telecurso de manejo que ensinará iniciativas sustentáveis aos telespectadores. Nós tivemos o interesse de fechar esta parceria com o governo paraense assim que tomamos conhecimento do Programa Estadual Municípios Verdes, que é um exemplo que deveria ser levado a todos os estados brasileiros”, enfatiza Andrea Margit, gerente de Meio Ambiente da Fundação Roberto Marinho. O lançamento do programa será formalizado às 9h, na Exposição Humanidade 2012, realizada no Forte de Copacabana, local que abrigará uma mostra – gratuita e aberta ao público – da diretora e cenógrafa Bia Lessa sobre os temas da Rio+20.

Também no dia 14, o Programa Estadual Municípios Verdes também estará em destaque no Forte de Copacabana, um dos mais de dez espaços na cidade do Rio de Janeiro que sediarão a programação da Rio +20, onde Jatene e uma comitiva de secretários de Estado apresentarão a experiência de sucesso implantada no município de Paragominas. No dia 19 de junho, o PEMV será exposto para os membros do Fórum da Amazônia Sustentável, no Teatro Maria Clara Machado. Na pauta do evento, o desempenho do programa e os resultados alcançados até o momento com incentivo ao Cadastro Ambiental Rural (CAR), redução do desmatamento e o incentivo à melhoria da produção no Estado do Pará.

 

 

Texto:
Bruna Campos – Secom | via Agência Pará

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.