Muitas vezes ouvimos falar sobre uma determinada dívida poder ser “protestada em cartório”. Mas você sabe o que isso significa? O Portal explica!

Protesto em cartório se dá quando uma empresa ou mesmo uma pessoa registra no cartório de protesto uma dívida que não foi paga. Esse ato de registrar a dívida em cartório é conhecido como protestar.

Consequências do protesto

Um protesto em cartório pode gerar alguns dificuldades para a parte que foi protestada, como custo a mais a ser pago ao cartório, além da dívida em questão que pode tornar o “nome sujo” da pessoa ou empresa protestada.

Que tipo de dívidas podem ser protestadas

Praticamente todo tipo de débito pendente pode ser protestado em cartório. Podem ser negativados ou protestados boletos bancários em aberto, folhas de cheques sem fundos, carnês de loja, faturas, notas promissórias, contrato de aluguel, entre outros.

O que fazer quando receber uma notificação de protesto?

Caso você receba um protesto de títulos, a primeira coisa a ser realizada é solicitar uma certidão de protesto. Esse é o melhor caminho de como descobrir a origem do protesto. Nessa certidão é possível verificar os dados de quem realizou o protesto, além dos dados da cobrança, como valor e data da dívida.

Para emitir essa certidão, é necessário ir até o cartório em que a dívida foi protestada e apresentar RG e CPF para ter acesso a esse documento. Caso o cartório seja em outra cidade, ou até outro Estado, o mais indicado é telefonar para a instituição e verificar a possibilidade da certidão ser enviada por correio.

Com informações Suno Research

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.