A Polícia Civil e a Polícia Militar desencadearam, nos dias 1 e 2 deste mês, operação conjunta de repressão ao tráfico de drogas, na cidade de Garrafão do Norte, nordeste paraense.

Três pessoas foram presas em flagrante durante a operação iniciada após recebimento de denúncia anônima. Sob comando do delegado Edgar Henrique da Cunha Monteiro e sargento PM E. Silva, a operação recebeu informação de que um estrangeiro, de origem alemã, identificado somente como “Cristian”, teria aparecido em uma vila rural, no interior de Garrafão do Norte, onde comprou um terreno e construiu uma casa.

Durante a construção, segundo a denúncia, ele enterrou no local 29 barris, sob uma espessa camada de laje, e logo em seguida viajou, dizendo que retornaria para buscar o material enterrado. A situação causou estranheza na região e os fatos chegaram ao conhecimento das autoridades policiais.

Segundo o delegado Edgar Henrique Monteiro, após requisitar ao Poder Judiciário um mandado de busca e apreensão para o local, os policiais foram até o endereço, no último dia 1º, para fazer uma busca no local. Durante o cumprimento ao mandado, os policiais desenterraram os barris, que totalizam mais de uma tonelada de peso.

Dentro dos barris, havia uma substância ainda não identificada, mas que apenas pelo odor causou cefaleia, tontura, enjoo e palpitações aos presente. “O material foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para a realização da perícia. Suspeita-se de que o material consista em substância entorpecente de origem ilícita”, explica o policial civil. Seguindo as informações das denúncias anônimas, as policiais locais conseguiram deter três homens que estavam em três motocicletas, uma delas roubada. 

Com eles, quatro quilos de maconha prensada e ainda meio quilo de sementes da droga foram apreendidos. As ervas foram trazidas pelos acusados do município de Nova Esperança do Piriá e seguiriam para Bragança. Os presos são Edvaldo Matos de Jesus, André da Silva Marvila e Marcelo da Silva Marvila, que foram autuados em flagrante por trafico, associação ao trafico e receptação. Os dois últimos são irmãos e e recém chegado do Rio de Janeiro, onde já foram presos pelos mesmos crimes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *