Policiais agridem violentamente casal de carroceiros na rua e causam revolta. Assista!

Um vídeo que circula nas rede sociais tem causado revolta na internet. Nas imagens, um casal de carroceiros aparece sendo agredido por dois policiais militares. Durante as agressões, os agentes dão uma série de chutes e socos no carroceiro.

A companheira dele tenta conter a ação dos policiais, mas também é agredida com chutes e é empurrada. O caso ocorreu no último sábado (15), em um supermercado localizado na Vila Leopoldina, em São Paulo. 

De acordo com uma testemunha, a confusão começou após o carroceiro, Marcelo Partes Bueno, deixar a carroça na rampa do estacionamento do estabelecimento comercial, enquanto fazia compras no local.

Na ocasião, uma cliente que queria estacionar o veículo pediu para que Marcelo retirasse a carroça da rampa e prometeu que daria uma quantia em dinheiro para o casal assim que saísse do local.

Uma testemunha relatou que, no retorno para o carro, a mulher não teria cumprido com o prometido. Com a recusa, o carroceiro se negou a tirar a carroça do estacionamento, que estava atrás do veículo da mulher.

A cliente acionou a polícia para retirar o casal, que reagiu de forma agressiva durante a operação.

Veja o vídeo:

Confira a nota da PM:

“A Polícia Militar esclarece que a ocorrência divulgada por um vídeo que circulou em redes sociais está sendo apurada pela Corregedoria por meio de Inquérito Policial Militar.

Os policiais que participaram da ação foram afastados do serviço operacional até a conclusão das apurações. Preliminarmente, a ação policial se deu após o acionamento da patrulha por pessoas que se queixavam de indivíduo desequilibrado, causando desordem na região.

Durante a tentativa de abordagem, houve resistência e uso de força, contudo a ação sugere flagrante descumprimento dos protocolos operacionais padrão de abordagem, o que motivou o imediato afastamento e instauração dos procedimentos legais de apuração.”

Os agentes registraram um Boletim de Ocorrência contra Marcelo. Ele chegou a ser preso em flagrante, mas foi liberado no último domingo (16), após passar por audiência de custódia. Ele vai responder por extorsão, resistência à prisão e desacato à autoridade.

Com informações DOL de Debate Carajás

Você pode gostar de ver

IBGE vai contratar 26,4 mil pessoas para Censo Agropecuário

O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão autorizou a contratação temporária de…

Ubuntu Tweak 0.7 – É hora de turbinar o seu Ubuntu 12.04 | Portal Tailândia

Como qualquer outro sistema operativo, o Ubuntu pode ser personalizado à medida…

Senado vai discutir desconto de 30% para professores na compra de carros

Uma sugestão legislativa que será discutida no Senado pela CDH (Comissão de Direitos…

Veja a agenda dos candidatos a deputado estadual por Tailândia desta quinta, 20

Faltando 17 dias para as Eleições 2018, os candidatos a deputado estadual,…