Elivaldo Ferreira da Silva Filho foi preso no domingo, 21, pela Polícia Militar de Cachoeira do Arari e por conselheiros tutelares da cidade marajoara. Ele é acusado de maus tratos e tortura contra a esposa e três filhos.

De acordo com a PM, os militares receberam a denúncia por telefone dando conta de que a mulher e os três filhos viviam em situação de vulnerabilidade na localidade conhecida como Mutá, no Baixo Arari.

Os policiais foram de lancha até a localidade, ouviram as vítimas, testemunhas e entenderam que Elivaldo cometia agressão e tortura contra a esposa e os três filhos, o que se enquadra como crime de violência doméstica com punição prevista na lei Marida da Penha.

O acusado não estava em casa. A equipe policial retornou a Cachoeira do Arari e localizou Elivaldo escondido na casa de uma irmã, no centro da cidade.

Ele foi preso e o registro foi anotado na delegacia de Polícia Civil.

Roma News com informações do portal Noticia Marajó

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.