Crédito: Divulgação/Polícia Civil

O delegado Raphael Barboza informou que a Polícia Civil encontrou itens que indicam bruxaria e rituais na casa de Lázaro Barbosa, de 32 anos, suspeito de matar uma família em Ceilândia, no Entorno do Distrito Federal. Fotos feitas pela corporação mostram vários objetos pela casa.

As imagens foram registradas na casa onde Lázaro morava, no distrito de Girassol, povoado de Cocalzinho de Goiás, onde também mora o pai dele. Há oito dias, mais de 200 policiais procuram pelo investigado, que fugiu três vezes da prisão e é acusado de diversos crimes.

Em uma das paredes da casa está escrito “satan”, que traduzido do inglês ao português significa “satanás”. O delegado investiga se Lázaro morava com alguém na casa e há quanto tempo ele residia no local.

Foto feita na casa de Lázaro mostra a palavra 'satan', que, em português, significa 'satanás'  Foto: Divulgação/Polícia Civil

De acordo com o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, Lázaro segue um ritual para matar suas vítimas. Ele informou que o criminoso é “psicopata” e tem facilidade de se esconder por ser mateiro e caçador.

“Ele leva para beira do rio, manda tirar as roupas e acaba matando”, disse o secretário durante entrevista coletiva.

Por: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *