Botijão de gás ficou mais caro no Pará (Foto: GloboNews reprodução)

A Petrobras anunciou na sexta-feira (22) reajuste médio de 4% no preço do gás de cozinha para venda em botijão de 13 quilos.

A companhia também aumentará, a partir de segunda-feira (25), o produto para venda em grandes botijões ou a granel em 0,6%, em média, segundo a assessoria de imprensa da Petrobras.

A Petrobras anunciou, na última terça-feira, 19, a assinatura da venda da totalidade de suas ações da Liquigás Distribuidora para as empresas Copagaz e Nacional Gás Butano.

O valor da venda é de R$ 3,7 bilhões. Como parte da estruturação da operação, será realizado investimento acionário minoritário por parte da Itaúsa na Copagaz.

A Liquigás atua no engarrafamento, na distribuição e na comercialização de gás liquefeito de petróleo (GLP) no Brasil. Presente em quase todos os estados brasileiros, ela conta com 23 centros operativos, 19 depósitos, uma base de armazenagem e carregamento rodoferroviário e uma rede de aproximadamente 4.800 revendedores autorizados, tendo 21,4% de participação de mercado.

A Copagaz foi fundada em 1955 e é a quinta maior empresa de GLP do Brasil. A companhia conta com uma rede de revendas com 2.700 representantes, distribuindo para cerca de 1.800 municípios.

Fonte: Folha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *