Jéssica Guedes e tenente Gonçalves – Crédito: Divulgação

Jéssica Victor Guedes, de 30 anos, viu o sonho de casar e ser mãe desmoronar minutos antes da cerimônia de casamento. No último sábado (14), enquanto se preparava para subir ao altar com o tenete Gonçalves, policial militar, Jéssica, grávida de 7 meses, começou a se sentir mal.

A noiva desmaiou na porta da igreja e o futuro esposo tentou reanimar a vítima, que foi levada a um hospital e não resistiu.

A jovem teve um AVC hemorrágico, por conta de uma pré-eclâmpsia, e já chegou à maternidade sem atividade cerebral.

A equipe do hospital realizou uma cesárea de emergência para salvar a vida da pequena Sophia, que nasceu de 29 semanas, pesando 1 kg. A bebê prematura está recebendo todos os cuidados na UTI Neonatal do centro de saúde.

Como o casal gastou muito com o casamento e o tenente Gonçalves – na tentativa de salvar sua esposa e filha -, decidiu levá-la ao hospital que não era coberto pelo seu convênio, familiares e amigos decidiram fazer uma vaquinha virtual para ajudar com os custos de internação e UTI, inclusive da pequena Sophia. O site para ajudar é www.vaquinha.com.br/vaquinha/tenente-goncalves.

Com a constatação da morte cerebral de Jéssica, a família decidiu atender ao próprio pedido dela e vão doar os órgãos dela.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *