Reprodução

Durante uma sessão de acupuntura para aliviar dores no pescoço, Jessika Aldrey, de 26 anos, teve seu pulmão perfurado no procedimento. O caso ocorreu na segunda-feira (11), em Sorriso, no Mato Grosso. A empresária procurou o hospital após sentir dores e falta de ar.  

Segundo Jessika, no momento da sessão, ela sentiu fortes dores no local, mas foi informada pela massoterapeuta que isso fazia parte do procedimento. Ao chegar em casa, ela percebeu uma falta de ar, que aumentava cada vez mais, e resolveu ir até uma unidade de saúde, onde foi comunicada que precisaria de uma cirurgia de emergência. “Fiquei apavorada quando o médico falou que eu precisava de uma cirurgia de emergência. Comecei a chorar, entrei em choque. Tenho um filho de 5 anos, que hoje poderia estar sem mãe. O médico disse que ganhei uma nova vida”, relatou.

No hospital, a jovem fez uma tomografia e recebeu o laudo de pneumotórax, descrito como “presença de ar entre duas camadas da pleura”, o que resulta no colapso parcial ou total do pulmão. Atualmente, a empresária deve ficar com um dreno até que o ar seja extraído. O G1 tentou entrar em contato com a profissional que realizou a acupuntura, mas não teve retorno.

Por: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *